Surf e Fotografia, Icaro Ferreira e a união de duas paixões

Por praticar o surf, o fotógrafo se identifica com a paisagem e registra os melhores momentos do esporte

1
373
O atleta Icaro Ferreira. Foto : Arquivo Pessoal

Registrar momentos é um dom que poucos sabem captar a essência. Quando está na água, o surfista capta o espírito no coração da onda, a liberdade,a adrenalina que vem com a maresia. O fotógrafo ecoa a arte entre a prancha e o mar.

O surfista e fotógrafo Icaro Ferreira, pegou sua primeira onda aos 8 anos, seguindo os passos do pai, Junior Ferreira. Hoje com 18 anos o parnaibano divide duas paixões. Além da fotografia, Icaro é um atleta dedicado, tendo como estilo o surf de linha. Participando sempre de campeonatos como o Circuito Piauiense de Surf, o parnaibano já subindo ao pódio mais de 10 vezes.

Foto: Icaro Ferreira
Foto: Icaro Ferreira

Para o atleta, conhecer a essência do esporte e o mar facilita na percepção quando registra momentos em sua fotografia. “Acho que não tenho um preferido, fotografia e surf para mim é tudo. Então acho que fotografar surf/surfando pode ser uma resposta. O primeiro tubo que consegui pegar com certeza foi umas das melhores sensações que já senti no surf. Quando tô surfando parece que tudo que existe de ruim no mundo some por um momento, é só felicidade”, fala sorridente o atleta.

icaroblusa
Foto: Arquivo Pessoal

Trips & Surf

Para as melhores ondas no Litoral Piauiense, Icaro não exclui uma boa trip pelas praias. “Gosto muito do Canto do Vieira e do Curvão na Pedra do Sal, as melhores ondas na temporada são lá, e sempre que dá tento viajar pro Ceará. Eu gosto de ondas como a de Paracuru, Taíba e Fortaleza, que são perfeitas e alinhadas, e assim proporciona muitas manobras”, relata o surfista .

icarotrip
Foto: Arquivo Pessoal

  • Manu Suyame

    Esse cara é foda, meus amigos